5 concertos a não perder no MEO Sudoeste

Faltam poucos dias para o início do MEO Sudoeste e com um cartaz dedicado, sobretudo, às maiores estrelas da música de dança dos dias de hoje, o festival da Zambujeira do Mar chega assim à 20.ª edição. Eis cinco concertos a não perder este ano na Herdade da Casa Branca:

Wiz Khalifa

“Mais vale tarde do que nunca”. De facto, Wiz Khalifa já esteve bem mais no auge da sua carreira e podiam ter aproveitado essa fase para o trazer à Zambujeira do Mar. É um dos artistas que também tem sido muito pedido pelo público festivaleiro do MEO Sudoeste. Contudo, nada melhor do que receber o rapper de Pittsburgh nesta que é a 20.ª edição do MEO Sudoeste. Autor de grandes hits como Black & Yellow, See You Again, We Dem Boyz, entre tantos outros, sobe ao Palco MEO dia 4 de agosto. Sendo a primeira vez em Portugal é, de facto, um concerto a não perder.

foto oficial MEO Sudoeste wiz khalifa

Damian Marley

Filho de Bob Marley, o trajeto de Damian “Jr. Gong” Marley é trilhado pelas suas músicas numa mistura de dancehall com o hip hop e claro, com acordes do reggae. Autor de grandes sucessos mundiais como Welcome To Jamrock, Make It Bun Dem – uma colaboração de sucesso com Skrillex -, Affairs of the Heart, sem esquecer Beautiful. De realçar que Damian Marley encontra-se a preparar o novo disco. Todos estes motivos e muitos mais fazem com que ninguém presente na Herdade da Casa Branca queira perder o concerto do filho do eterno Bob Marley agendado para dia 5 de agosto, no Palco MEO.

Curadoria Orelha Negra

Os Orelha Negra vão demonstrando que têm qualidades inatas para praticar as funções de curadores e os seus membros condensam num só projeto a experiência do saber-fazer. Já passaram pelo Palco MEO em anos anteriores para um concerto inigualável e, para quem lá esteve, inesquecível. Desta vez, foram destacados para uma curadoria no Moche Room. Os nomes seleccionados pelos próprios para a edição deste ano são Holly Hood, que tem conquistado o seu espaço no panorama musical com a primeira parte d’Dread que Matou Golias, Slow J uma das maiores promessas do hip hop nacional, DJ Kwan, ProfJam, Nerve, Maze, Dynamic Duo e, por fim, alguns DJ Set dos próprios Orelha Negra entre os vários concertos. É, sem dúvida, uma noite a não perder no Moche Room, dia 5 de agosto.

moche room foto oficial meo sudoeste

Sia 

A cantora australiana tem se tornado num fenómeno pop, conquistando milhões de fãs por todo o mundo. O hit que a catapultou para o sucesso mundial foi Chandelier, uma música que o público do MEO Sudoeste não pode perder cantada agora ao vivo pela própria Sia. No entanto, muitos outros grandes sucessos mundiais com a sua voz já passaram pela Herdade da Casa Branca tais como Titanium e She Wolf (na grande maioria tocados pelos DJs internacionais). Todas estas músicas e o mais recente sucesso Cheap Thrills vão fazer-se ouvir na mítica Herdade. Também será a primeira vez de Sia em solo português. Dia 6 de agosto no Palco MEO, a não perder.

Mishlawi

Mishlawi é americano, vive em Portugal, mais propriamente em Cascais, desde os 10 anos de idade. Ao longo deste ano o rapper lançou alguns singles, entre os quais All Night, Always on My Mind, Boohoo com Richie Campbell e, mais recentemente Limbo. De facto, com o impacto que estas músicas têm tido só prova que Mishlawi é uma nova estrela a emergir no panorama nacional. Nesta edição atua no Palco Santa Casa, dia 5 de agosto. Quem sabe se para o ano não estará no Palco MEO. É mesmo um concerto a não perder.

Na próxima quarta-feira, dia 3 de agosto, arranca a tão aguardada 20.ª edição do MEO Sudoeste. Uma data que deve ser celebrada com grandes concertos, sol, praia e diversão. É isso que os festivaleiros procuram a caminho da Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar, naquela que é a melhor semana de férias de verão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *