O choque.

«Quando exposto a um trauma, o corpo lança o seu próprio sistema de defesa. Logo no primeiro segundo, o cérebro recebe um sinal de que houve uma catástrofe. O sangue aflui aos órgãos que mais precisem de ajuda. O sangue aflui aos músculos, aos pulmões, ao coração, ao cérebro. O cérebro decide pelo resto do corpo. Ou enfrenta Read More …

Troca de olhares.

«Uma troca de olhares pode ter implícito um dos mais belos sentimentos. É nos gestos mais simples que guardamos e transmitimos as mensagens mais sublimes. Um dia vamos andar de mãos dadas pela rua. De dedos entrelaçados num abraço apertado que se estende além dos olhares de quem passa. Não deveremos explicações a alguém. Por Read More …

Quem tudo quer, tudo perde.

Apesar de ter feito desporto de competição durante toda a minha infância e adolescência, apesar de ter aprendido o quão importante é ter espírito desportivo e é essencial nunca perder o espírito de equipa, eu… eu tenho muito mau perder. Senhores, se tenho! Posso até não ganhar, mas não suporto perder. Perder é dar razão Read More …

Os homens não percebem nada disto.

«Os homens, realmente… não percebem nada disto. Por que é que esticamos o cabelo, por que é que pintamos as unhas…que nervos!». Pode parecer mentira, mas esta frase não foi dita por mim. Esta frase foi citada na integra pela minha irmã, chateada com a vida e o mundo. Hoje: Ela – Fogo, mana, devias Read More …

Mrs. always wrong.

Se a minha memória visual e orientação espacial são extremamente apuradas, a minha capacidade para decorar nomes é completamente desastrosa. Por isso, e cada vez mais, tenho a certeza de que nunca serei a mítica «Mrs. always right». Quando partilhei, há dois anos, este infeliz episódio, prometi a mim mesma de que seria muito mais cuidadosa Read More …