Mrs. always wrong.

Se a minha memória visual e orientação espacial são extremamente apuradas, a minha capacidade para decorar nomes é completamente desastrosa. Por isso, e cada vez mais, tenho a certeza de que nunca serei a mítica «Mrs. always right». Quando partilhei, há dois anos, este infeliz episódio, prometi a mim mesma de que seria muito mais cuidadosa antes de responder «Ah, não, não conheço, nunca lá fui». Até ontem.

 

 – Siga jantar a Moura?

– A Moura do Alentejo ou à Mouraria?

– Estava a falar daquele restaurante que eu adoro no Bairro.

– Não faço ideia de qual seja, mas ‘bora.

– Não sabes? Claro que sabes, eu já te levei lá.

– Não levaste, não.

– Eu tenho a certeza de que já te levei lá.

– E eu estou a dizer-te que não. Deves estar a confundir-me outra vez com outra amiga qualquer.

– Até comemos aqueles lombinhos com bacon

– Não me lembro…

– Oh, aquele restaurante que no início só dava para sete pessoas e depois aumentou…

– Eu não faço ideia do que estás a falar. Nunca lá fui.

– Eu tenho a certeza de que já te levei ao Moura… Estás a ver o Largo de Santa Justa? Que até tem as escadinhas que vão dar ao Rossio?

– Eu estou a ver tudo isso, mas sei que não fui lá jantar contigo.

– Oh, eu tenho a certeza de que já te levei lá.

– Bom, vamos lá conhecer esse restaurante, então.

 

 No carro…

– Afinal, estou a ter aqui uma vaga ideia de termos ido jantar uma vez… mas…

– Eu disse que já conhecias.

– É aquele restaurante que falaste com uma rapariga sobre trabalho, quando estávamos lá fora?

– Esse mesmo…

– Ahhh, lembro-me perfeitamente. Como é óbvio. Esse jantar… Mas pensei que isso fosse para os lados da Madalena.

– Não, monga, Esse é o Caldas. Este é o Moura.

 

 No Restaurante…

– Então, está recordada?

– Perfeitamente. Ficámos naquela mesa do canto. E comemos os tais lombinhos com bacon e bebemos sangria. Ainda há pouco tempo estive aqui no Café Buenos Aires, que estupidez. E ali são as escadinhas…

– Sim, as tais escadinhas do Duque.

– Tens razão, agora lembro-me perfeitamente de termos jantado aqui.

 

 Pronto, a partir de hoje e no que toca a restaurantes, assumo-me como a «Mrs. always wrong».

 

La Bohemie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *