O Festival MIL está de regresso à capital.

O festival que junta mais de 70 novos artistas e alguns dos mais importantes agentes da indústria musical de todo o mundo está de regresso a Lisboa. Durante os dias 27, 28 e 29 de março, as ruas do Cais do Sodré vão receber o MIL –
Lisbon International Music Network.

Concertos, masterclasses, debates e vários workshops.

Música

Foto: Arte Sonora

A descoberta das novas tendências da música popular da atualidade faz-se durante os três dias do festival nas diversas salas de espetáculo e clubes noturnos do Cais do Sodré. Os concertos de abertura estão a cargo da artista portuguesa Lula Pena e da cantora brasileira Letrux, mas há muitos concertos para se assistir em diversas salas.

No cartaz fazem parte os artistas nacionais A Negra, Bateu Matou, Beatriz Pessoa, Beautify Junkyards, Blaya, Cave Story, Conan Osiris, Conjunto Corona, Ditch Days, Filho da Mãe, Fogo Fogo, Ghost Hunt, João Pais Filipe, Melquiades, Môrus, NEEV, Octa Push, Otrotorto, PAUS, Pedro Mafama, Pongo, Reis da República, Scúru Fitchádu e Solar Corona. Do Brasil chegam sonoridades de 2de1, Bike, Edgar, Jaloo, Ramonzi, Rubel e Venga Venga, e de Cabo Verde o artista que reside em Portugal, Miroca Paris. Mas no cartaz fazem parte dezenas de artistas de 15 países de todo o mundo. África do Sul: Dope Saint Jude | Alemanha: Sturle Dagsland | Angola: Toty Da’Med | Argentina: La Yegros e Rumbo Tumba | Bélgica: Blue Samu, Marc Melià, MDCIII e Monolithe Noir | Canadá: Annie Sama e Rymz | Espanha: F/E/A, Intana, MC Buseta e Tribade | França: Kompromat, Moon Gogo, Nouveaux Climats, Omar Jr e Weekend Affair | Grécia: Someone Who Isn’t Me | Holanda: Charlie & The Lesbians e The Homesick | Itália: Bruno Belissimo, ESC e M¥ss Keta | Noruega: HYSJ | Reino Unido: Bobbie Johnson e Italia 90 | Senegal: Ibaaku | Senegal/França: Guiss Guiss Bou Bess | Tailândia: 88Balaz e SEN.

Masterclasses e Keynotes

Foto: La Bohemie

O Programa PRO da terceira edição do festival é dirigido a profissionais e estudantes do sector da música e conta com mais de 30 debates, keynotes, masterclasses e diversas oportunidades de formação e networking.

Este ano, o crítico de música de referência Simon Reynolds é o convidado da masterclass sobre jornalismo musical, onde fornecerá ferramentas essenciais para o desenvolvimento de críticas de música e publicações. Por sua vez, Emily Gonneau, co-fundadora da Nuagency, apresentará uma masterclass sobre PR & Media Strategies, aula de componente teórico-prática sobre estratégias para desenvolver uma campanha de promoção musical bem-sucedida. Pete Kember, produtor e músico britânico que começou o seu percurso com Spacemen 3, Pena Schmidt, produtor, pesquisador e curador fundamental nas indústrias da música brasileira, e Paul Pacifico, CEO da Associação de Música Independente britânica, são os convidados para as entrevistas keynote, onde vão partilhar experiências dos respetivos percursos no setor.

Workshops e Networking

Foto: Espalha-Factos

Manuel Faria, ex-músico dos Trovante, produtor e fundador do estúdio Indigo conduzirá um workshop sobre produção musical. Yannick Jame, fundador da Rossio Music Publishing e especialista na temática dos direitos de autor, vai dar um workshop sobre publishing e Hugo Hernandez, Director-Geral Ibérico da distribuidora Believe Digital, é o responsável pelo workshop sobre playlists e boas práticas de trade marketing.

Enquanto ponto de encontro entre profissionais das indústrias da música com homólogos de todo o mundo, o MIL vai reunir agentes de referência no sector para discutir e partilhar as suas ideias nestes painéis que podem ser consultados no site oficial.

Os Festival Tickets têm um custo de 20€ em pré-venda e o Gold Festival Tickets, que dão acesso ao espetáculo de abertura, têm um custo de 30€.
Os PRO Tickets têm um custo de 70€.

La Bohemie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *