Terras Sem Sombra está de regresso ao Baixo Alentejo.

Música. Património. Biodiversidade. São estes três pilares que sustentam o Terras Sem Sombra, o festival que partilha o legado cultural e natural do Alentejo e dá a conhecer um território de identidade ímpar, que se afirma como um notável destino de arte e natureza. A 14.ª edição do Terras Sem Sombra decorre entre os meses de fevereiro e julho, e percorre dez concelhos do Baixo Alentejo.

 

Sob o mote Aproximando o Distante: Tradição e Vanguarda na Música Europeia (Séculos XVI-XXI), O Terras Sem Sombra revela, através da sua programação, o que há de mais fascinante nos territórios que visita, dos centros históricos às áreas rurais, da vida selvagem às tradições locais. Cada fim-de-semana do Festival caracteriza-se por dar a conhecer em cada concelho percorrido os três pilares em que assenta este evento único no mundo: o património, a música e a biodiversidade. Assim, abre as portas, em exclusivo, de espaços habitualmente fechados ao público, através de uma visita guiada por conhecedores, nas tardes de sábado; os concertos programados realizam-se também aos sábados, à noite, em igrejas e outros monumentos que sobressaem pelo valor patrimonial e pelas condições acústicas. E, nas manhãs de domingo, têm lugar as ações de voluntariado para a salvaguarda da biodiversidade em diferentes espaços naturais.

Este ano, o número de concertos aumenta, pela primeira vez, para dez, com a incorporação de novos concelhos, como Barrancos ou Elvas, e o regresso a outros onde a presença do Terras sem Sombra era há muito reclamada, como Mértola e Vidigueira. Desta forma, os municípios visitados pelo festival este ano são Vidigueira, Sines, Santiago do Cacém, Ferreira do Alentejo, Odemira, Serpa, Mértola, Barrancos, Elvas e Beja, de 17 de fevereiro a 8 de julho. Nesta viagem ao conhecimento através da música, a Hungria assume um papel, como protagonista, na atual edição do Festival e, também, do Grupo de Visegrád, formado pela Hungria, pela Polónia, pela República Checa e pela Eslováquia. São também convidados, em 2018, os Estados Unidos da América e Espanha.

 

Mais informações: Terras Sem Sombra

 

La Bohemie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *