Um pesadelo chamado aparelho dentário.

Há cinco meses soube que tinha de utilizar aparelho dentário. Fixo. Durante 24 meses. Mais uma catrefada de outros com aparelho de contenção para assegurar o tratamento. O drama, o horror! Quase que caí da maca e só não me caíram os dentes todos porque estavam bem agarrados aos maxilares. Se eu já vivia com uma série de complexos com o meu sorriso, com as minhas duas cicatrizes faciais, com a perda de um dente que parti aos bocadinhos num acidente, se eu já escondia um sorriso há tempos perdido, saber de repente que tinha de usar uma armadura metálica durante dois anos foi uma facada nas gengivas. Mas se eu sou uma picuinhas e acho o aparelho fixo a coisa mais horrenda à face da terra, há quem me dê apoio moral e diga que é sexy uma mulher de aparelho. Yeah, right. Pareço o robocop, meus amigos, o exterminador implacável, o Eduardo dentes de tesoura, é o que é.

 

– Ai é sexy? Além de badochas, agora sou uma badochas com aparelho. Tão sexy que estou.

– «Isso dói um bocadinho no início e depois passa.» Sim, sim, claro. A sensação de ter uma esponja de arame farpado na boca é maravilhosa. Passa num instante. 

– Se eu já mordia as bochechas, precisamente por ter a mordida cruzada, agora fico com bocados de bochecha nas braquetes e quase que preciso de um palito para os retirar.

– Ai é tão bom ouvir piadas como «sorriso serrado, circuito cercado». Lá para os 30 anos volto ao mercado.

– Uma pessoa arranca os sisos por causa das dores. Depois tem de usar aparelho por causa dos sisos e também tem dores. Fuck logic!

– Ter aparelho é fixe, desde que não me levem a jantar fora. Que horror, senhores!

– Melhor maneira de emagrecer: usar aparelho e só conseguir comer sopas.

– Podiam ter avisado que usar aparelho dói ´pra camandro que eu tinha comprado uns Louboutin.

– Isto de usar aparelho é como ter um cão ou estar grávida, de repente reparamos que imensa gente usa aparelho. E é horrível. Eu olho para aqueles sorrisos metálicos, tenho pena das pessoas e depois lembro-me que eu sou uma dessas pessoas. O karma é lixado!

– Ai é tão fixe colocar cera no aparelho antes de ir dormir para evitar ficar sem bochechas e acordar com bocados de vela derretida na boca. 

– Isto dá para beijar um tipo sem que o pobre coitado fique com a língua presa nos braquetes?

– Não, caros amigos, usar aparelho nos dentes não é fixe. Uma pessoa parece um pato a sorrir de boca fechada, passa o tempo com um espelho atrás à procura de um bocadinho de alface nos braquetes e carrega todos os dias um verdadeiro arsenal de primeiros socorros para lavar os dentes cada vez que come um iogurte.

 

Se tiverem dicas ou simplesmente palavras de compaixão, sejam bem-vindos, sim?

 

Beijinhos, La Bohemie.

3 thoughts on “Um pesadelo chamado aparelho dentário.

  1. Posso voluntariar-me para a parte do “Isto dá para beijar um tipo sem que o pobre coitado fique com a língua presa nos braquetes?”
    🙂

  2. alo alo! eu tenho 28 anos e tenho aparelho desde dos 25 (ainda falta um ano para tirar). não noto qualquer diferença dramática na minha aparência, a não ser o facto de não gostar de usar brincos volumosos, porque depois parece imenso hardware. hihi a ideia é q ficamos sem sex appeal nenhum é um mito.dou por mim a mostrar a minha armadura com a maior das confianças (até porque me esqueço que a tenho hihi) e a rapaziada não se assusta por envergar o arame farpado; pelo contrário há quem ache q é superamoroso – não posso concordar – mas já ouvi isto!! tudo isto para dizer que não é um bicho de sete cabeças e a única coisinha a aconselhar é que temos de ter calma com a paixão na hora dos kiss kiss. além do mais, vamos ficar tão giras depois, não é?! tenho a certeza que ninguém olha para mim com pena até porque não nos podemos permitir isso. Pena tenho de quem não tem dentes ou dinheiro para colocar aparelho. Os gastos davam para vários pares de louboutins lindíssimos 😉 ps. já da outra vez comentei que te tinha visto na rua e de “badochas” não tinhas nada 🙂 um beijinho muri

  3. Já me passou o choque inicial e neste momento sou a primeira a fazer as mais variadíssimas piadas sobre o meu aparelho. Primeiro estranha-se, depois entranha-se. Ainda não consigo achá-lo bonito porque não o é, mas como dizes e bem, tenho a certeza de que o resultado será compensador. Obrigada pelo apoio moral (:

    ps – #badochasparasempre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *